Missiones – Argentina.

Estado de Missiones, a fronteira de Puerto Iguazú com Foz do Iguaçu (BR), inclusive possui uma paisagem verde muito parecida com a nossa mata atlântica.

 

Arquivo Pessoal Mirella Arruda
Chácara em Santa Ana – Missiones – ARG.

 

A população

A população da Região fala espanhol, mas também tem muito contato com o Português Brasileiro e com o Guaraní do Paraguaí. São receptivos e calorosos como nós brasileiros. Vivem alegres, sorrindo.

 

Cruzando a fronteira

Foi muito tranquilo, peguei um ônibus no centro de Foz de Iguaçu com direção a Puerto Iguazú.

O Onibus te entrega um comprovante que é importante guardar.

Porque você desce na Aduana do Brasil (saída do país) e depois pega o ônibus outra vez e tem que mostrar o comprovante de pagamento, porque aí o ônibus te leva até na Aduana da Argentina (entrada no país) e depois  te leva até a Cidade de Puerto Iguazú. Se perder o comprovante paga de novo.

Depois eu fui pra rodoviária, é só perguntar em português mesmo onde fica. Como eu tinha acabado de começar ainda tinha medo de pegar carona sozinha e preferi um ônibus. E o ônibus era muito bom, eles me deram alfajor hahaha… Mas cuidado, na rodoviária pechinche! Eles sabem que é estrangeiro e querem cobrar mais.

 

Observações do caminho

A região tem muito verde, e é possível acampar na beira do Rio Paraná nas pequenas cidades. Se você está pegando carona, não tem problema dormir em beira de estrada, é uma região muito tranquila.

Eu fiquei como uma semana na região, entre Santa Ana e Pousadas (Capital do Estado, uma cidade grande mas não como as capitais brasileiras).

 

As hospedagens solidárias que me acolheram:

 

Santa Ana

Fui conhecer um projeto de Ecovilla, que quando eles tiverem uma page, eu divulgo aqui.

O casal tinha acabado de começar o Projeto, então eu não consegui ajudar mas sim entender a filosofia de trabalho deles e conviver com pessoas tão grandiosas.  Quem sabe um dia retorne com o projeto mais avançado e consiga contribuir, pois naquele momento estavam mais fazendo trabalho de poda de matagal para construção de uma casa.

 

Arquivo Pessoal Mirella Arruda
Rio Paraná em Posadas – Missiones – ARG.

 

Posadas

E também fui muito bem recebida por uma família argentina em Posadas, eu ainda não falava espanhol, talvez um portunhol um pouco engraçado. E eles tentaram me deixar o mais confortável possível, me apresentaram a cidade, como me locomover, como funciona a rotina naquela região do país, a filha do casal é uma menina super empoderada que me ajudou muito com questões recorrentes para minha vida emocional naquele momento. Gratidão.

 

Destino Buenos Aieres, onde reencontrarei com amigos.

A primeira carona: Foi através de um grupo de caronas, que encontrei uma carona com um Senhor diretamente de Posadas para Buenos Aires, foram como 12 horas de viagem de e eu contribui com o combustível.

E estava na Grandiosa Buenos Aires…

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s