Vamos limpar nossas cracas emocionais?

Complicado este rolê de limpeza espiritual. Estou no meu 19o dia de limpeza espiritual do ritual de ancoramento da Energia Reiki no meu veículo físico após a minha iniciação. Tem sido desafiador para não dizer o mínimo e eu tenho que lidar com todos os sentimentos e sensações que me acometem nesta jornada para que eu esteja cada vez mais alinhada neste processo de limpeza. Não adianta eu crer que se eu não me entregar tudo será ancorado 100%, isso não existe, ou estamos realmente focados em nossa cura ou não estamos. Não existe meio termo, não existe deixar para depois. Precisamos traçar metas e seguí-las para um caminho o qual estamos dispostos a trilhar.

Não há como um trem seguir seu curso se não há trilhos no caminho. A nossa alma é a representação clara do trilho, o nosso corpo físico é o trem com todo seu peso, suas funcionalidades que o fazem fluir em completude e em harmonia quando todos os mecanismos estão alinhados e organizados. Se não há combustível, o trem não anda, se os trilhos estão faltando um pedaço, não há possibilidade de continuarmos o caminho e quando isso ocorre não há problema algum, precisamos nos focar em descansar, meditar e dar para nós mesmos o tempo que necessitamos e que seja necessário.

Na quarta-feira neste processo todo de limpeza, estava em meu 16o dia de limpeza e estava limpando e ancorando energias no meu 5o Chakra, o Laríngeo. Ele representa em sua mais pura e elevada esfera a Verdade, a Cristalização da Fala, do Pensar e do Agir. Ele está ligado diretamente ao nosso sistema respiratório e a nossa fala, a nossa caixa torácica que sustenta nossos pulmões e dão suporte e apoio para a materialização mais forte da alma em nosso corpo físico que se dá através da voz. Nossa voz reflete nossos sentimentos e pensamentos e quanto mais clara, direta e sincera é a comunicação, melhor é o desenvolvimento e funcionamento do Chakra Laríngeo. Eu tive muita dores, contrações, minha barriga ficou dura e eu achei realmente que iria perder o meu bebezinho. Achei que essa poderia ser a hora dele, já que os seres de 0 a 3 anos e os de mais de 80 anos tem a liberdade de deixar o corpo físico a hora que desejarem tendo assim uma morte natural.

Eu tive que lidar com um medo tão grande dentro de mim que me deixou bem abalada. Estava em ponto de explodir e tenho explodido em lágrimas e sofrimento nesta ultima semana. Faltam dois dias para que esta faxina emocional, astral, física e mental “acabem”, mas é só o começo de mais um processo de limpeza a qual eu tenho passado. Eu estou em alinhamento cada vez mais com a minha alma e isso me dá oportunidade de visitar os quartos mais escuros e obscuros de minha mente. Me dá a oportunidade de rever sentimentos e ações que eu tive e que as pessoas tiveram comigo e que revelam muito mais o que eu sentia, vibrava e emanava para o Universo do que o que elas faziam de fato para mim. Estou me sentindo revigorada, mas para isso eu tive que conversar com pessoas e dizer exatamente o que sinto sem tirar nem por. Eu estou cada vez mais liberta das amarras sociais que me prendiam e me prendem ainda a conceitos de convivência em sociedade e quero que isso ocorra para todos os seres que habitam este planeta.

Como cães e Gatos

Vivamos como os seres que nos cercam e que nos alegram tanto como nossos cãezinhos e gatinhos entre outos pets. Todos os seres que chamamos de “sem consciência” – um erro grotesco e propositalmente imposto na sociedade atual para que nos distanciemos energeticamente e telepaticamente de nossos bichinhos – na verdade, vivem em estado meditativo. Vivem em prol da felicidade deles e de expressar tudo o que sentem no exato momento em que estão sentindo. Quem nunca presenciou uma briga entre cachorros ou gatos e teve que intervir? É exatamente sobre isso. Se for necessária a intervenção, não sejamos negligenciadores ao ponto de deixar as pessoas se estapearem ou se matarem, mas sejamos mais complacentes com a pessoa mais importante para nós mesmos: nós!

A sociedade exige que mascaremos todos os nossos sentimentos, ações e nos envergonhe de tudo o que fazemos, sentimos ou cremos que é diferente do que ela propõe. Ela nos castra, nos maltrata, nos diz que se não tivermos dinheiro não teremos o alimento em nossas mesas. Não deixemos mais que esta sociedade ególatra e sem fundamentos nos controle. Sejamos verdadeiros com os nossos sentimentos e com o que fazemos e agimos. Não há necessidade de agredirmos os outros e de darmos pontapés nas pessoas que ora nos maltratam ou nos agridem. A raiva vem, mas ela passa. Se há realmente um desejo de gritar, espernear e mandar a pessoa catar coquinho, mande!, não se castre, não se oprima e não se reprima. Não seja um fantoche controlado pela status quo que vive e rege tudo o que nos cerca. Não seja controlado por ninguém menos que não seja você. Siga seu coração e sua intuição.

A liberdade de se obrigar a meditar

Eu sei que não devemos fazer nada por obrigação e que isso nos deixa cada vez mais distantes de toda a nossa essência e entra direto em contradição com as minhas palavras acima, mas este caso em específico é algo realmente importante para ser compartilhado aqui com vocês sobre a minha experiência. É preciso meditar todos os dias. Não há desculpa, não há vontade que venha ou não. Nesta semana foi muito complicado para mim meditar, foi realmente difícil para sentar e me concentrar. A minha mente estava tagarela demais, meu corpo físico sofria espasmos e eu sentia um fluxo de energia passando pelo meu corpo nada agradáveis, me senti como meu quarto sendo faxinado. Os móveis arrastados, as coisas sendo tiradas do lugar, o chão sendo limpo, debaixo da cama, dos armários. Tudo estava sendo revirado de cabeça para baixo dentro de mim.

Sentar em meditação foi realmente desafiador, mas mesmo assim eu me “obriguei” a meditar. Não conseguia completar mais de 20 minutos sem levantar e seguir com o meu dia, mas mesmo assim, esses minutinhos em conexão – ou buscando/tentando estar em – me fizeram muito bem. Eu estou cada vez mais ciente de que não há remédio melhor que nós mesmos vivermos em estado meditativo e buscarmos a paz e a segurança dentro de nós mesmos que é o único lugar em que elas residem.

Vamos experienciar tudo o que tivermos que experienciar, mesmo que isso seja você ter que se empoderar e mandar a pessoa que está te humilhando, te execrando ou fazendo pouco de você ir plantar batatas. Não precisamos de lixo emocional do outro direcionado à nós. Não precisamos porque já temos muito lixo dentro de nós mesmos e conviver com pessoas tóxicas que não buscam se conhecer ou estão em cima do muro, não sabem o que querem nem com elas mesmas quiçá com você, pule fora. Não há espaço para energia que não flui em uma vida de busca pelo caminho e pela espiritualidade de maneira ampla. Não há espaço para desamor, apontamento, raiva, rancor em um grupo ou em pessoas que buscam estar presentes a todo momento.

Nos expressemos sempre, mas nunca, nunca deixemos o outro inseguro ou em estado alterado. Não é justo com ninguém, nem com você e nem com o outro. Sejamos responsáveis com a nossa energia, com as nossas palavras e ações. Sejamos discípulos de Jesus e ancoremos a paz. Deixo abaixo um trecho do seriado Sense8 que define bem o que eu entendo e vivo como amor e todo este processo que passamos todos nós na busca e compreensão de todos os nossos sentimentos.

Amanita fala para Nomi:
“Meu amor, vivemos em um mundo que não confia nos sentimentos. O tempo todo, somos lembrados de que os sentimentos não são tão importantes quanto a razão, que sentimentos são infantis, irresponsáveis e perigosos. Somos ensinados a ignorá-los, controlá-los ou negá-los. Mal entendemos o que eles são, de onde vem ou como parecem nos entender melhor do que nós mesmos. Mas eu sei que os sentimentos são importantes. Às vezes eles são pequenos como quando eu sinto cheiro de canela e sinto saudade da minha avó. E as vezes eles são enormes como quando eu descobri que a minha namorada compartilha seus pensamentos com mais sete pessoas ao redor do mundo. Porém, se você tiver sorte, muita sorte, um sentimento aparecerá e mudará tudo.”

Gratidão.

Anúncios

Categorias:Todos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s